domingo, 1 de janeiro de 2017

Desejo...

... que você tenha a quem amar!

Sério, desejo isso pra todo mundo. E que todos sejam felizes e possam viver suas vidas sem fazer mal pros outros.

Das minhas querências pra 2016, consegui:
- mergulhar na dissertação;
- encontrar tempo para literatura, mesmo sendo pouco tempo;
- voltar pro pilates;
- colocar um limite nas olheiras (um viva aos óleos essenciais);
- mais encontros com amigos.

O resto fica pra depois.

E pra 2017, que venham:
- mais automação nos processos do trabalho (teve muita coisa facilitada em 2016 com essa toada. Tô curtindo);
- calma para terminar a dissertação;
- mais calma ainda para defender a dissertação;
- um belo projeto pro doutorado. Ou melhor, três belos projetos pro doutorado, ao menos;
- uma viagem bem legal pra comemorar o fim do mestrado e a abertura de novas possibilidades;
- mais sala de aula! Como aluna ou professora, o que vier é lucro;
- mais amor no mundo;
- mais interpretação de texto;
- mais encontro com os amigos.

E que 2017 seja leve, porque 2016 veio pesado demais!

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...