quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Livro: As crônicas e gelo e fogo: O festim dos corvos

Com Brienne e Jaime Lannister por perto! 

Este livro é um tanto quanto diferente dos outros três anteriores. Isso porque o autor estava escrevendo uma obra muito extensa e precisou dividi-la em duas. A forma da divisão é que foi curiosa: em vez de cronológia, ela é geográfica. Ficamos sem saber de vários personagens, porque em O festim dos corvos são privilegiados os personagens com ponto de vista que ficam em Porto Real, na Campina, no Ninho da Águia, nas Ilhas de Ferro e em Dorne. E Samwell Tarly, que está em trânsito, saindo da Muralha em direção a Vilavelha para estudar na Cidadela.

Vemos no livro o que aconteceu depois que Jon Snow liderou a batalha entre os membros da Patrulha da Noite e os Selvagens, liderados por Mance Rayder. Stannis Baratheon, um dos reis em batalha, continua achando que é o sucessor legítimo de Robert Baratheon e leva a guerra com ele, por onde passa. Leva a maluca da Melisandre também. Ele interfere na gestão da Patrulha da Noite, o que força Samwell Tarly a tomar uma decisão complicada. As consequências vão se espalhar pela trama de Sam.

Brienne está maravilhosa, como sempre. Agindo com o coração, com honra, buscando cumprir sua palavra, em busca de Sansa e de Arya Stark. Além dela, vamos conhecer mais sobre as Ilhas de Ferro e o Deus Afogado a quem os homens de ferro seguem. A sucessão de Balon Greyjoy é de arrepiar, com cada um dos candidatos à Cadeira de Pedra do Mar se apresentando para a multidão. Asha Greyjoy é outra mulher maravilhosa dessa trama. Forte, intensa, sem medo do machismo reinante de Westeros.

Falando em mulher forte, Cersei está cada vez mais maluca. Vemos o quanto ela vai se envolvendo com o vinho e tomando decisões equivocadas para se manter no poder. Dá até para ter um pouco de dó dela no fim do livro.

Por sem um volume diferente, ficamos sentindo falta de outros personagens, como Jon Snow, Daenarys, Sor Davos... Mesmo assim, é outro texto muito bom de George R. R. Martin. É impressionante como ele costura as histórias. Fico admirada...


Já lidos:
As crônicas de gelo e fogo: Guerra dos tronos

As crônicas de gelo e fogo: Fúria de reis

As crônicas de gelo e foto: A tormenta de espadas
_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...