sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Portugal - 6º dia

Vista da janela da sala do apê de Coimbra

Tínhamos até meio dia para deixar o apartamento e ir para a estação de Coimbra A. A Isabel iria nos levar. Mas, até lá, podíamos rodar a cidade. Nos dias anteriores, vimos muito pouco de Coimbra, por motivos de congresso. Acordamos cedo e fomos caminhar. Minha vontade era entrar na Sé Velha, mas Leo e Lu não quiseram. Enquanto eles rodavam à volta da igreja, lá fui eu, sozinha, conhecer o interior da igreja e seu claustro. Era possível fotografar, mas sem o uso do flash.

Clautros da Sé Velha 
Claustros da Sé Velha

Claustros e túmulos da Sé Velha

Altar da Sé Velha

Interior da Sé Velha

Foi espetacular! E, ao mesmo tempo, me deu dor no coração, porque não entrei em outras igrejas. A arquitetura delas é tão linda...

Encontrei com Leo e Lu e fomos bater perna em Coimbra. Descemos pelo Beco do Quebra-Costas e fomos ser felizes.

Homenagem ao Fado no Quebra-Costas

Teve muuuuita foto

Olha que fofa esta senhorinha!

Rua com feirinha de sábado, muito linda!

Andamos muito, passamos por becos e ruelas, ruas e caminhos. Vimos muitas coisas bacanas - que retomo quando finalmente fizer a comparação entre Coimbra e Ouro Preto.

Almoçamos num restaurante que tinha Brasil no nome. Leo foi de bacalhau e Lu e eu de carbonara. Tava delicioso!


Onde almoçamos - não lembro o nome

Leo fazendo novas amizades
Fechamos o apartamento e fomos pra Coimbra A. De lá, fomos de trem pra Coimbra B, descemos em Aveiro e pegamos o trem expresso pro Porto.

De trem, indo pro Porto
O trem expresso é muito bacana e vai em uma velocidade bem alta. Em pouco tempo, estávamos no Porto. Descemos em Campanhã, pegamos o metro pra Trindade e, de lá, pra São Bento. A saída da estação já era pertinho da rua onde passaríamos nossa última noite portuguesa.

O apartamento da Maria João é uma delícia! Ideal para casal, porque a privacidade fica bem de lado. Mas é lindíssimo! Muito funcional, tudo clean, tudo no lugar.

Foto da Lu

Saímos, fomos bater perna no início da noite do Porto. Ainda passamos no apartamento anterior, para recuperar as minhas chaves, que esqueci por lá. Comemos e voltamos pra apê, pra dormir cedo, porque às 8h do dia seguinte teríamos que estar na estação de metro para irmos pro aeroporto.


_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...