terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Citações 135

De Nova gramática finlandesa:



Sempre voltava tarde. Porque o silêncio e a solidão do dormitório me dava medo. A solidão tinha se tornado minha grande angústia. Na solidão afloravam as questões para as quais não pudera encontrar resposta e das quais as atividades espasmódicas dos meus dias me faziam esquecer temporariamente. Só temporariamente. Porque, embora eu me iludisse de que era capaz de suportá-la, a angústia de não saber quem eu era adensava em mim e pouco a pouco sufocava todas as minhas forças. Com prepotência, tomava o espaço que lhe cabia. Porque um homem não pode viver sem memória. 

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...