terça-feira, 24 de novembro de 2015

Citações 127

De O outro pé da sereia:


A mãe, serena, explanou: o assassínio nasce da torpeza da alma. Mas não: a vontade de matar nasce das miudezas do dia-a-dia, desse amanhecer sem história em que se convertem as nossas vidas. Não são os grandes traumas que fabricam as grandes aldades. São, sim, as miúdas arrelias do cotidiano, esse silencioso pilão que vai esmoendo a esperança, grão a grão. 

_______________ 
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...