quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Livro: Ansiedade



Não é bem o tipo de livro que eu gosto. Mas, ao ler a contracapa, ainda na livraria, decidi que deveria ler este livro algum dia na vida. O texto pergunta se "você sofre por antecipação? Acorda cansado? Não tolera trabalhar com pessoas lentas? Tem dores de cabeça ou musculares? Esquece-se das coisas com facilidade? Se você respondeu 'sim' a algumas dessas questões, é bem provável que sofra da Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA)". Só ter respondido "sim" a todas essas questões foi suficiente para querer ler.

Porém, como não é o tipo de livro que eu gosto, não comprei. Mas acabei "ganhando" ele emprestado. Isso porque a Ana Paula comprou e me passou direto pra ler. Ou seja, li antes da dona do livro.

Ansiedade - Como enfrentar o mal do século fala aquilo que todo mundo já sabe: os tempos atuais aceleraram os pensamentos das pessoas de forma geral. Isso faz com que nos tornemos imaturos emocionalmente: não sabemos ouvir críticas, não conseguimos ficar satisfeitos, tudo é ruim, tudo incomoda, sentimos dores, adoecemos, ficamos despreparados para o contato social. A Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA) é, segundo o autor, a principal doença que afeta as pessoas no mundo contemporâneo. Ela é a causa oculta dos principais males da humanidade atualmente.

As dicas para reverter o quadro da SPA são simples, e podem ser resumidas em uma só: desacelere. A proposta é voltar a um modelo que valoriza mais a vida e menos o trabalho, menos o imediatismo. O autor fala muito sobre a conversa, a interação. Diz que vivemos um mundo fast-food e que o ideal seria o modelo à la carte.

Enfim, é um livro que fala tudo o que já sabemos. Ou, pelo menos, tudo o que eu converso com a minha analista desde 2008. Continuo ansiosa, claro, mas tudo melhorou de lá pra cá. E foram muitas coisas da análise que me fizeram mudar. O livro é legal pra quem nunca deve ter parado pra pensar na ansiedade, mas pra mim foi mais do mesmo.


_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...