segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O que (eu acho que) tem de bom pra ler na net #54

1 - 05 poemas que se tornaram belas canções
Do Livros e Pessoas. Cinco poesias lindas, cinco músicas lindas, cinco recordações de épocas muito legais da minha vida :-)

2 - Por que amar o Snoopy
Do Blog da Companhia das Letras, um texto delícia sobre um dos pontos altos da minha infância: Peanuts. Charles Schutz mora no meu coração desde que eu era baby.

3 - Uma montanha russa chamada "fala"
Da Déa, sobre os processos com a fala do Theo, que é um autista não-verbal ainda. Ele faz progressos. E eu vibro a cada um deles, acompanhando de longe.

4 - Pelos "valores da família"
Texto da Kika Castro sobre essa coisa maluca que é definir o que é família. Juro que tem horas que penso: qual a necessidade disso? Venho de uma família que se enquadra no padrão "pai, mãe e filhos", que é o que querem impor por aí. E digo, era - e ainda é - uma família completamente disfuncional. Então, pra mim, família é a relação onde há amor. Pode ser eu e minha cachorra. Há amo? É família. E phoda-se o resto.

5 - #somostodospedestres
Texto lindo - como todos - da Nathália Pandeló. Sobre mobilidade urbana, respeito, liberdades. Pra pensar sobre nosso papel no mundo.

6 - "Vivo em meio a um conflito"
O texto da Caroline Beraja no Ser Sustentável é emocionante. Ela tem 17 anos e vive na Faixa de Gaza, em meio aos conflitos entre israelenses e palestinos. Ela é judia e acredita na coexistência, tanto dos países quanto das religiões. Falta só os grandões pensarem assim também, né?

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...