segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

O que (eu acho que) tem de bom pra ler na net #55

1 - Alain de Botton - A Arte de Viajar
Já indiquei o Livrada! por aqui? Acho que não (memória, onde anda você?). De toda forma, tá indicadíssimo. O Nego Dito é super espirituoso, seus textos e seus vídeos são ótimos e inspiradores. E Alain de Botton, por mais que seja pop e muita gente torça o nariz, é um cara legal. Estou lendo A Arte de Viajar e comento depois. Vale ler o texto do Livrada! porque sempre é bom ler um texto dele.

2 - Stephen Fry versus Jair Bolsonaro
Mais um post necessário da Kika Castro. Desta vez, ela traz um documentário do Stephen Fry que mostra como é ser homossexual em diversos países, entre eles o Brasil. O embate entre Fry e Bolsonado é dessas coisas que merecem ser divulgadas. A Cristina ainda lembra que o Brasil não criminalizou a homofobia e morre um homossexual a cada 26 horas no Brasil. Mesmo com esses dados alarmantes, o Bolsonaro é campeão de votos no Rio e apoiado em várias partes do País. Não, a gente não merece isso.

3 - Me pone loca: Gaslighting
Mais um post bacana do Lugar de Mulher, sobre uma técnica de manipulação que eu já vi ser usada com uma pessoa. E da qual eu vivo lutando pra me livrar, já que a minha memória não é confiável. Vale a pena ler e tentar se proteger.

4 - A queda
Da Mary, sobre desilusões amorosas. Que eu acho que vale para desilusões em geral. Sobre como tentamos aprender com as situações e que nem sempre esse aprendizado vale ~na prática~ quando a situação se repete. Mas ao menos, sempre sobra uma coisa boa.

5 - Coisa de vagabunda
Mais um do Lugar de Mulher. Liberdade é coisa de vagabunda? Então, muito prazer, sou vagabunda.

6 - Teste anti-hipocrisia para quem esbraveja contra a roubalheira na Petrobrás 
Do Mário Magalhães. Porque o mundo não é só Sim-ou-Não, Preto-ou-Branco, Eu-ou-Você e outros antagonismos. É bem mais complexo do que andam tentando te fazer acreditar.

________________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...