quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Livro: Os Goonies



E então relançaram o livro dos Goonies. Foi a editora Dark Side, que fez duas edições: uma comum e outra em capa dura. Quando o Leo viu, ficou doido pra comprar e foi logo escolhendo a de capa dura. E ele começou a ler logo que chegou. E gostou bastante. Quando ele terminou, deixou o livro na minha interminável pilha de livros para serem lidos.

Foi quando eu resolvi tirar ele de lá. Foi um fim de semana em que tive febre alta e passei muito mal. Infelizmente, tudo fez com que eu me sentisse mais mal ainda. Mas o livro não. Foi a parte boa do fim de semana.

O livro é o filme quase inteiro. Ele foi baseado no filme e tem praticamente tudo o que já vimos (e amamos) na telona. Claro que há alguma diferenças: o livro é narrado em primeira pessoa, pelo Mickey. Assim, algumas coisas ficam diferentes, como a sequência do Gordo com a família Fratelli. O Mickey para a narrativa para encaixar a parte do Gordo, que - ele conta - só foi ouvida ao final, quando todos se reuniram na praia.

Há também alguns pontos diferentes, que não tem no filme. Destaco dois deles. Um são as sanguessugas na água do poço dos desejos e a forma como os meninos se livraram dela. É engraçado... melhor é uma referência a um orgasmo de Stef e Andy por conta dessa maneira de espantar as sanguessugas. O segundo ponto é o polvo gigante que ataca os meninos enquanto eles nadam para o navio do Willy Caolho. O curioso dessa parte é que parece que ela foi filmada, mas não passou na montagem do filme. Isso porque, já na praia, quando os repórteres cercam os Goonies, o Dado fala - tanto no filme quando no livro - que tinha um polvo gigante.

Em alguns momentos, fiquei sem paciência com o livro. Pode ser porque, acostumada com o filme, que vi e revi muitas vezes, senti que a história não rendeu tanto. Como em um dos momentos do grupo nos túneis de Willy Caolho, numa jangada (essa parte também não tem no filme). Achei lento e arrastado.

No fim, foi uma boa diversão para um fim de semana preso em casa, com febre e passando bem mal. E deu uma vontade louca de ver o filme de novo :-)

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...