segunda-feira, 21 de abril de 2014

Algum cheirinho de alecrim

Dia desses estávamos procurando um presente pra uma pessoa querida e acabamos na Vitaderm de Ouro Preto. Olhamos daqui e dali e não achamos nada com a cara da pessoa. Mas ficamos doidos com um aromatizador de ambientes de alecrim e arruda. É este aqui, e é delicioso. Acabamos comprando pra nós. E estamos usando enlouquecidamente em nosso quarto, nos armários, na roupa, na roupa de cama, nas toalhas.

E sempre que eu sinto esse cheiro de alecrim, além de lembrar da Semana Santa - porque quando os passos da Paixão são abertos, no Domingo de Ramos, para driblar o cheiro de ~guardado~, o pessoal coloca muito alecrim por lá - lembro da música Tanto Mar, do Chico Buarque. Especialmente da parte que ele fala sobre o cheirinho de alecrim, claro.

Daí que fui atrás da música e da letra, de novo. E, pra variar, me emocionei. Com as duas letras - a primeira foi censurada - e com um vídeo que mostra cenas da Revolução dos Cravos, que inspirou a música.

As duas letras estão no site do Chico. O vídeo vai abaixo.




Tanto mar, tanto mar...

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...