segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Citações 45

Do conto Ninguém vai rir, de Milan Kundera, no livro Risíveis amores:



Veja, Klara, disse eu, você pensa que uma mentira vale tanto quanto outra, mas está errada. Posso inventar qualquer coisa, zombar dos outros, criar toda espécie de mistificações, fazer todo tipo de piadas, e não tenho a impressão de ser um mentiroso; essas mentiras, se quiser chamá-las mentiras, sou eu, tal como sou; com essas mentiras, não simulo nada, na realidade, com essas mentiras, estou dizendo a verdade. Mas existem coisas sobre as quais não posso mentir. Existem coisas que conheço a fundo, cujo sentido compreendi, e que amo. Não brinco com essas coisas. Mentir sobre isso seria me diminuir, não posso fazê-lo, não exija de mim o que não farei.


Pior que conheço gente que pensa exatamente assim... :-/

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...