domingo, 6 de outubro de 2013

Livro: Garota Exemplar

A primeira vez que ouvi falar de Garota Exemplar foi num jornal, quando afirmaram que era o livro que desbancou 50 tons de cinza do topo da lista dos mais vendidos nos Estados Unidos. O livro ganharia fácil meu respeito por isso. Mas pensei que seria mais uma historia de softporn, assim como 50 tons. E com esse nome de livro de chick lit, fiquei com o pé atrás. Certo dia, decidi comprar. E coloquei ele na pilha pra ser lido um dia, quem sabe. Aí meu amigo Valter comentou que leu e gostou muito, que era um suspense, nada de softporn ou de chick lit. Suspense eu curto muito. E como iria viajar de avião, coisa que odeio, decidi guardar o livro pra ler no trajeto, pra relaxar. E, olha, me surpreendi.

Garota Exemplar é a história do relacionamento de Amy e Nick. No dia em que completam cinco anos de casados, Amy desaparece. Nick não parece muito preocupado. Enquanto as investigações policiais avançam, tudo leva a crer que Nick queria se livrar de Amy. Os capítulos se alternam: o primeiro é narrado por Nick, o segundo por Amy e assim sucessivamente. E lá vem uma série de mentiras e omissões. Nada é o que parece. E a história tem várias reviravoltas.

A trama é muito bem montada e muito bem escrita. Gillian Flynn, a autora, está fazendo sucesso nos Estados Unidos. Ela tem ainda dois livros publicados, não traduzidos para o português, e que receberam prêmios. Deu super vontade de ler os outros livros.

Garota Exemplar me prendeu do começo ao fim. Comecei a ler no ônibus, entre Ouro Preto e Belo Horizonte. Continuei no trajeto entre BH e o aeroporto de Confins e durante a espera e o voo pro Rio, e também durante a espera e o voo pra Nova York. Foram 300 páginas em um só dia. Depois a leitura rareou porque eu estava lá pra conhecer a cidade. Lia à noite, quando voltava pro hotel, pra botar os pés pra cima e descansar. A leitura flui que é uma beleza. Não tem como desligar da história, das possibilidades, das reviravoltas. O desfecho é surpreendente. Enfim, um ótimo livro pra prender o leitor. Super recomendado.

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...