quarta-feira, 5 de junho de 2013

O que (eu acho que) tem de bom pra ler na net #6

Há um bom tempo eu não alimentava essa tag. Não vou prometer fazer dela uma constante. Só vou me empenhar mais em reunir coisas legais que leio por aí.


1 - 70 anos depois, a surpresa de um diário
Imagine que você namorava uma pessoa que foi pra guerra e morreu. Você continuou sua vida, casou, trabalhou, aposentou. Um dia, você vai ao um museu e encontra uma foto sua lá. Foi isso que aconteceu com uma idosa americana. A foto estava num diário, escrito pelo antigo namorado, que morreu na guerra. Seu último desejo era que o diário fosse entregue à então namorada. Mas ela só teve acesso aos textos, por acaso, 70 anos depois.
A história é linda! Está no blog Livros só mudam pessoas.

2 - Pay the fucking writer
Leio a Aline Valek há um tempo, tenho o blog no Reader (atualmente, no Feedly) e gosto muito do que ela escreve. Neste texto, ela sala sobre o trabalho de escrever. Seja um cartãozinho pra tia ou um texto específico. É que, no fundo, todo mundo acha que quem trabalha escrevendo está sempre disponível e que fica feliz só de escrever, sem ser pago para isso. Boa, Aline Valek! Aliás, vale ler o blog todo.

3 - Blogueiros de literatura conseguem ser piores que os de moda
O blog é o Trilhos Urbanos, feito por uma galera muito bacana de São Paulo. O João Varella, autor do texto, tem uma visão apurada e já escreveu bastante sobre algumas mazelas dos blogs, em especial os de moda. Dessa vez, ela fala sobre os de literatura e é muito bacana ver como tem muita coisa desvirtuada por aí. O blog é indispensável pros jornalistas, em especial para quem cobre cidades.


Boa leitura!