quarta-feira, 29 de maio de 2013

Chico

Na última quarta fui fazer compras de mês na cooperativa local. Eis que, no som ambiente, entra Roda Viva, seguida de O que será (à flor da terra), ambas de Chico Buarque.

E eu, que já estava no caixa, passando as compras, cantei em voz alta sem vergonha e sem medo de ser feliz. Porque não é todo dia que toca Chico no supermercado.

Isso me fez lembrar do projeto 180 cartazes para sair da fossa, que volta e meia publica algo do Chico. Como esse aqui:


Chico, amor eterno, amor verdadeiro!