sábado, 14 de julho de 2012

Livro: Escreva Lola Escreva: Crônicas de cinema

Eu devia estar terminando de ler Criando Kane, da Pauline Kael, meu livro desafio de junho. Ou lendo O Hobbitt, desafio de julho. Mas...

Lendo o blog da Lola (que eu já indiquei aqui como uma das minhas leituras favoritas), vi que ela lançou um livro com suas críticas (ela chama de crônicas) de cinema. E eu gosto pacas de ler a Lola, seja qual for o assunto, mesmo que nem sempre concorde com ela. Como disse antes, é sempre bom aprender e conhecer novos pontos de vista. Daí, vi que ela tinha lançado o livro e ela mesma está vendendo, no blog. Corri pra comprar.

O livro chegou ontem e eu só parei de ler por dois motivos: pra agradecer à Lola pelo envio e para dormir (porque essa semana foi super punk, com a oficina no Festival de Inverno, conto depois). E terminei agora, depois de uma manhã de trabalho e início da tarde de visita a Tia Ylza.

É uma delícia ler a Lola. O texto é cheio de sutilezas e muito bem humorado, com destaque pro Maridão, uma pessoa que eu teria muito prazer em bater um papo uma hora dessas. Ela tem muito conhecimento sobre cinema - o que dá uma certa invejinha em mim, que estou tentando arduamente conhecer mais (e, shame on me, não termino o livro da Kael!!!). E é um texto tão gostoso de ler que é praticamente como eu gostaria de escrever, com leveza, com amor, com humor. Tenho muito o que aprender ainda, viu?

Recomendo a leitura do livro pra quem gosta de cinema. Pra quem não gosta também, porque com certeza vai aprender a gostar. E porque não gostar de cinema é heresia (assim como não gostar de Chico Buarque).

Aliás, na dedicatória (ela dedica todos os livros para quem compra pelo blog), ela disse que nunca veio a Ouro Preto e que, se vier um dia, espera que eu possa ser sua guia. Chique, né? Depois de ser guia da Bel, vou pensar em me especializar em guiar blogueir@a bacanas.