terça-feira, 12 de junho de 2012

Livros: Jogos Vorazes / Em Chamas / A Esperança

Depois de ver (e curtir bastante) o filme Jogos Vorazes, comprei os três livros da série e li vorazmente, sem trocadilhos. Como meu objetivo aqui não é fazer resenha, mas só guardar minhas impressões, resolvi juntar os três livros num texto só. Para quem quiser ler resenha, sugiro o blog da Marina (Jogos Vorazes / Em Chamas / A Esperança).

Os três livros são muito envolventes. O livro é narrado em primeira pessoa por Katniss Everdeen, a jovem corajosa, impetuosa e lutadora, que se oferece, no lugar da irmã mais nova, Primrose, a lutar nos Jogos Vorazes. É uma espécie de reality show em que um casal, entre 12 e 18 anos, é escolhido em cada um dos 12 distritos de Panem. O objetivo é que, na arena, lutem até a morte, de modo que só reste um. Katniss vai para o jogo com Peeta e deixa para trás sua mãe, Prim e seu amigo Gale. A preocupação, agora, é conquistar a audiência, para conseguir patrocinadores. E, mais importante ainda, sobreviver.

Mas nada é o que parece, no fim das contas. Katniss se surpreende com sua equipe de preparação, em especial com Cina, o estilista, que cria o seu vestido de apresentação e a transforma em "A garota em chamas". Seu preparador, Haymitch, é outro que traz surpresas para a protagonista. Sua atuação nos três livros é marcante, e acaba por determinar o destino da heroína. Gale, o amigo de Katniss, é aquele tipo de personagem que povoa o imaginário por um determinado tempo. Ficaria mais, se não fosse o Peeta, que é apaixonante. Mesmo nos momentos em que ele parece irreconhecível, é difícil não torcer por ele.

Katniss sofre da primeira página até a última do terceiro volume. Como a narrativa é envolvente, vamos sofrendo junto, ficando cada vez com mais raiva da Capital, que tanto pressiona os distritos, que promove os Jogos Vorazes, que persegue Katniss até o fim dos tempos. Quando terminei o último livro, passei pelo menos umas 24h com uma tristeza profunda, por conta de tudo o que acontece, em especial no último volume, o mais violento da série.

Mais não tem como falar, é spoiler.