sábado, 9 de junho de 2012

Há esperança

Depois de levar mais uma na cara (figurativamente), apesar de ter sido alertada pelo Leo, fiquei um bom tempo remoendo  os males da humanidade e construindo uma espécie de cerca eletrificada ao redor de mim.

Mas aí vem a família Borges - a mais legal do mundo - e me mostra que, pra cada coisa ruim que há no mundo, tem muita gente boa por aí.

O agradecimento especial do dia vai pra Tati Borges, mas nem sei mais o que dizer. Apenas que, depois de ontem, ainda há esperança na humanidade.