quinta-feira, 26 de abril de 2012

O que (eu acho que) tem de bom pra ler na net #1

Reparei, há um tempo, que eu ando lendo bastante coisa na net. Em geral, pelo Reader, porque eu não tenho memória (cerebral) suficiente pra guardar todos os sites que eu gosto, as coisas do trabalho, da casa, da Vovó, da Tia Ylza, do Leo, da Cuca, do Paulo, os livros, os filmes, os textos da disciplina do mestrado e ainda saber meu nome completo. E, assim, acabo lendo muita coisa bacana via Reader. Alguns blogs são bem engajados (a Tatá, que trabalha comigo, diria que eu sou muito feminista - mas nem é isso, eu gosto é de direitos iguais para quem é igual), outros são de amigos, outros descobri por acaso e tenho curtido. Vamos lá:

Lagarta vira pupa - É uma leitura quase diária. A Déa, autora do blog, é minha amiga. Estudamos juntas, fazíamos praticamente todos os trabalhos da faculdade juntas. ela sempre teve muito talento para escrever e, agora, deu um destino muito nobre a esse talento todo. Déa é mãe do Theo, um garotinho lindo de três anos que é autista. E lá ela compartilha cada descoberta sobre o Theo, sua caminhada de pesquisas sobre o autismo, a inclusão social e muitas outras coisas. O blog é um aprendizado, vale pra qualquer pessoa.

Leo e Lud Reloaded - Comecei a ler os textos da Lud no blog antigo e gostava bastante. Depois, ela e o marido, o Leo, resolveram mudar de vida, investir no minimalismo e correr atrás do sonho de viajar o mundo e morar fora por um período. Aqui, os dois contam como é o planejamento desse sonho e como investir no minimalismo. Também é um blog que me ensina bastante.

Blog da Kikacastro - A Cristina Moreno é uma jornalista de mão cheia. Hoje ela trabalha na Folha de S. Paulo e tem muito talento. Ela posta quase diariamente textos leves e divertidos, alguns sobre a adaptação à vida em São Paulo, sobre a saudade de Minas e de BH e um pouco sobre o trabalho dela no jornal. Seu pai, o jornalista José Castro, posta por lá também, com textos mais reflexivos sobre política. Uma curiosidade: eu vi essa menina nascer. Era vizinha de prédio da avó dela (D. Rosa no 304 e eu no 1003), brinquei muito com as irmãs da Cristina.

Blog do Lucas Figueiredo - um jornalista de mão cheia, sempre com reflexões pertinentes. Lucas é autor de dois livros muito bons que li recentemente: Ministério do Silêncio e Morcegos Negros. Atualmente ele tem postado menos, porque está preparando o próximo livro. Com certeza, vem coisa boa por aí.

Faz Caber - Este é pra quem curte artes gráficas na prática jornalística. A equipe da Revista Época posta como foi o trabalho de preparação, edição e escolha da capa da semana. Também apresentam trabalhos interessantes, como a montagem dos infográficos. A Época mata a pau na parte gráfica, entre as revistas semanais.

Brainstorm#9 - Quem é da área de publicidade vai amar. São reflexões, textos, vídeos, making of e outras infos da área de criação publicitária, sempre com o melhor (e às vezes o pior) que é feito no mundo. Para quem não é do ramo, é bacana para ficar por dentro das novidades que vão bombar nas redes sociais. O BrainCast também é ótimo, vale a pena.

Cinema em Cena - É o melhor site de cinema do Brasil. Tem milhões de informações técnicas sobre filmes, colunas divertidíssimas, um podcast também super bacana e tem as críticas do Pablo Villaça. Ame ou odeie o cara (eu adoro), ele sabe muito bem do que está falando. Fiz o curso dele, de Teoria, Linguagem e Crítica, e amei. E, fundamentalmente, crítica não é opinião. Opinião sobre filmes é o que eu faço aqui de vez em quando. O Pablo faz é crítica, uma coisa bem mais complexa.


Biscate Social Clube - Uma das minhas leituras que a Tatá chamaria de feminista. É escrito por um grupo de mulheres e vários convidados. O tema principal é pensar e discutir conceitos da sociedade que levam a certos tipos de rótulos. Biscate é um dos rótulos fáceis para mulheres que, muitas vezes, só têm atitude. Vale ler e refletir sobre a igualdade para os iguais.

Blogueiras Feministas - Reúne algumas mulheres engajadas pelo feminismo (e vale a pena entender direito o que é essa palavra), sempre com textos reflexivos - alguns são até divertidos - sobre o papel da mulher na sociedade.

Escreva, Lola, Escreva - A Lola é professora e está sempre ligada nos temas mais sensíveis da sociedade. Ela fala de inclusão e de preconceito, de desrespeito e boas práticas, publica guest posts interessantíssimos e dá voz a quem, em geral, não tem onde falar. Ainda é crítica de cinema! Nem sempre eu concordo com as posições da Lola, mas ler o blog é ganhar mais argumentos para um debate inteligente.

Também leio algumas bobagens, crônicas, quadrinhos leves e outras coisas. Vou publicando aos poucos essas indicações.