sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O óleo de peroba que me beneficia

Este início de ano foi bem atípico. Especialmente pela questão dos calendários. Anualmente, recebemos um monte de calendário de mesa, em geral das gráficas com que trabalhamos. E de bancos. E de sei lá mais de quem.

Misteriosamente, este ano, não recebemos nenhum. E, vou te contar, faz uma falta danada aquele calendário de mesa. Ajuda horrores na hora de planejar coisas. Meu calendário sempre ficou do lado direito do monitor. E é sempre pra lá que eu olho quando preciso conferir uma data (e também pra saber que dia é hoje, algo que eu sempre esqueço).

Recorri à Tia Ylza, que sempre recebe muitos calendários. Mas cheguei tarde, ela já tinha dado todos os que recebeu. Até me ofereceu um daqueles de parede, mas minha necessidade era o de mesa. Então, com muita tristeza no coração, comecei a usar o calendário do computador. E é uma droga, porque quando eu preciso dele, primeiro olho pro lado direito do monitor, depois fico pensando no que aconteceu com os calendários de mesa e só aí lembro de clicar no Ical ou no Dashboard do Mac. Humpf...

Mas aí, chego na casa da Tia Ylza e ela me oferece um calendário de mesa da Caixa. Olha a história dela:

"Fui na Caixa pagar duas contas. O moço que me atendeu foi muito atencioso. Depois que paguei as duas contas ele perguntou se eu precisava de mais alguma coisa. Eu perguntei se ele tinha um calendário daqueles pra me dar. Ele falou que sim, em dois minutos. Foi no andar de cima e voltou com ele. Trouxe pra você".

Troféu Óleo de Peroba pra Tia Ylza! Ainda bem que ela lembrou de mim!