domingo, 16 de outubro de 2011

Mais uma da Tia Ylza

Ela deu um tempo nos tricôs para bebês. Cansou, deve ser. Antes, ela fez alguns pra Letícia presentear (engraçado como todo mundo da família adora a Letícia, namorada do Otávio).

Sapatinhos pra Letícia

Meu modelo favorito. Amo!

A opção da vez foi fazer uma toalha de tricô. Começando com quatro agulhas e 12 malhas (é inacreditável ver tricô com quatro agulhas, parece um instrumento de tortura). Depois, o trabalho é passado para uma agulha circular pequena e depois para circulares maiores. No final, quando começamos a fotografar, já havia mais de 700 malhas.

Já nos arremates, com a agulha circular

Detalhes dos pontos

O centro do trabalho

Toalha semi-pronta

A receita, de uma revista de 1954
O final do trabalho é engomar. Essa parte é também algo surreal. A receita leva maisena ou gelatina incolor, tem de ser feita em dia de sol e, ao final, entra um ferro de passar. E o acabamento ainda é feito com uma série de alfinetes, mas não fotografamos...

Toalha pronta

Essa toalha já tem destino certo: vai na minha mala pra Goiás, em novembro.