sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Coisas da vida

Tava reparando hoje de manhã que o Leo nunca guarda as roupas limpas dele. Elas só vão pro armário quando eu as coloco lá. Isso me irrita.

Reparei também que eu guardo as roupas limpas do Leo mas quase nunca guardo as minhas.

E que a bagunça dele me irrita muito mais que a minha bagunça.

Mas a minha bagunça é muito maior.

Só que me irrita menos.

Como dizia Guimarães Rosa, pela boca de Riobaldo, "viver é muito perigoso".