sábado, 6 de agosto de 2011

Música pra criança?

Num dia de bate-papo no trabalho, alguém começou a falar sobre as músicas que as crianças gostam e que não são feitasm pra crianças. Uma das meninas chegou a dizer que dançava "ela faz a cobra subir" quando criança e achava a música até bacana, sem pensar no conteúdo dela.

Daí, começamos a pensar em músicas que cantávamos quando pequenos, sem saber exatamente o que repetíamos. Uma que causou até surpresas é a Serão Extra, do Dr.Silvana:


É que tem gente que ainda acha que o refrão "Eu fui dar, mamãe" é "Eu fui da mamãe", tipo filhinha da mamãe. Juro, há testemunhas!

Parênteses: eles têm uma música muito engraçada, Taca a mãe pra ver se quica, que ainda me faz ri. Clica aqui pra ver o "clip" original.

Vou me abster de comentar sobre as letras do É o Tchan, que eu tive a felicidade de ignorar durante meus tempos de adolescente. Posso me orgulhar de nunca, jamais, em tempo algum, ter dançado uma música do É o Tchan.

Mas tinha o Ultraje a Rigor quando eu era criança. Eu adorava as músicas (a Laura gostava mais...). A gente se divertia ouvindo músicas como Giselda:


E Marilou:


E Volta Comigo:


Tem vááááários exemplos. Mamonas Assassinas, por exemplo. E tem aquelas que a gente dançou e hoje morre de vergonha de admitir (do vídeo aí de baixo, eu só dancei Macarena #orgulhinho)


Mas pensando em música feita especialmente pra crianças (sou viciada em músicas infantis), acabei lembrando de uma das minhas favoritas: Aula de Piano, do disco Arca de Noé 1.


Aula de Piano
(Vinícius de Moraes / Toquinho)

Depois do almoço na sala vazia
A mãe subia pra se recostar
E no passado que a sala escondia
A menininha ficava a esperar
O professor de piano chegava
E começava uma nova lição
E a menininha, tão bonitinha
Enchia a casa feito um clarim
Abria o peito, mandava brasa
E solfejava assim:

Ai, ai, ai
Lá, sol, fá, mi, ré
Tira a não daí
Dó, dó, ré, dó, si
Aqui não dá pé
Mi, mi, fá, mi, ré
E agora o sol, fá
Pra lição acabar

Diz o refrão quem não chora não mama
Veio o sucesso e a consagração
Que finalmente deitaram na fama
Tendo atingido a total perfeição
Nunca se viu tanta variedade
A quatro mãos em concertos de amor
Mas na verdade tinham saudade
De quando ele era seu professor
E quando ela, menina e bela
Abria o berrador

Ai, ai, ai,
Lá, sol, fá, mi, ré

A letra já é bem sugestiva. O especial na TV, esse "clip" aí em cima, então... sem comentários. Essa era uma das músicas que eu mais gostava quando era criança, por causa do piano. E achava lindo cantar e dançar ao som do LP na vitrola (#coisasIdosas), iludida que aquela era uma música singela e bonitinha, pra criancinhas.

Ainda bem que existem músicas pra criança que são adequadas. Ou, como diria o Breno, "mais apropriadas".