quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Livro: A mina de ouro

E cá estamos nós às voltas com mais um livro da Agatha Christie. Sim, eu sou fã dela. Curto os livros, as tramas, os personagens. Até a repetição dos padrões, que é tão criticada. Um livro da Agatha é sempre um convite pra mim.

Assim, fiquei feliz em ter A mina de ouro nas mãos. Porém, não fiquei feliz com a obra. O livro é uma compilação de contos em que, no geral, alguém tira a sorte grande de alguma fora, seja por um casamento, um prêmio ou ao escapar da morte. São 15 contos, nem todos com temática policial.

Agatha trata, por vezes, de temas fantásticos, quase como um namoro com os contos de Edgar Alan Poe, mas o resultado não é bom. Ela é fantástica nos romances policiais, e possui alguns contos muito bacanas. Porém, essa coletânea não foi feliz.

Junto com Passageiro para Frankfurt, foi o livro dela que mais demorei a ler. Em geral, leio seus livros de um dia para o outro. Estes dois custaram a ser terminados.