terça-feira, 26 de julho de 2011

A primavera da Vera

Hoje é aniversário de uma das pessoas mais legais que eu conheço, a Tia Vera. Ela está na família da vovó desde antes de eu nascer. Por isso, pra mim ela é e sempre será da família Mendes Barros, aquela que é a mais linda do mundo.

Quando eu era pequena, queria por que queria que ela fosse minha prima. Só pra poder dizer Prima Vera. Meus irmãos e eu nos divertíamos muito com ela, porque ela ia pro chão brincar conosco. O Daniel, então, adorava brincar que paquerava a Tia Vera. Ele ficava quietinho, olhando pra ela e, de repente, dava uma piscadela. Ele ficava de olho pra ver se o Tio Jésus estava olhando, e caía na gargalhada.

Tia Vera e Tio Jésus moram no Rio de Janeiro, mas estão sempre presentes. Toda segunda eles telefonam pra vovó e, sem a mesma regularidade, também pra mim. Volta e meia vêm aqui pra casa passar uns dias, e são dias muito agradáveis.

Ela tem a risada mais contagiante da família. Quando a Tia Vera ri, é impossível ficar sério. As histórias dela são muito legais. Nelas, é possível ver que o amor transborda, especialmente para os sobrinhos - os dela e os do Tio Jésus. É um carinho, um cuidado tão intenso como poucas pessoas são capazes.

Tia Vera, há alguns anos, enfrentou um câncer de mama muito cruel. E foi com serenidade que ela atravessou todo o processo, que envolveu quimioterapia, mastectomia e várias cirurgias reconstrutoras. Também é com tranquilidade que ela ainda faz o tratamento para "substituir" os linfáticos, que foram retirados na mastectomia. A forma como ela lidou com tudo é fantástica, é um exemplo pra todo mundo. Ok, as pessoas são diferentes e reagem de forma diferente com as coisas. E ela contou com o apoio incondicional do Tio Jésus, que é outro fofo. O fato é que ela levou tudo com uma leveza invejável.

Neste fim de semana tem festa lá no Rio. Boa parte dos mineiros da família vai pra lá comemorar. Infelizmente, não vou poder comparecer. Fico triste de não poder estar lá e comemorar com essa tia querida mais uma primavera em sua vida. Mas daqui, junto com o Leo e com a vovó, desejamos mil felicidades, vida longa e frutífera, muitas realizações. Ela merece.