quarta-feira, 11 de maio de 2011

Filme: O Turista

The Tourist - 2010 (mais informações aqui)
Direção: Florian Henckel von Donnersmarck
Roteiro: Florian Henckel von Donnersmarck, Christopher McQuarrie
Elenco:Johnny Depp, Angelina Jolie, Paul Bettany

Angelina Jolie está deslumbrante nesse filme, com uma beleza, uma finesse, uma sensualidade que fazem a gente até desanimar. Dá gosto olhar pra ela, pra suas roupas e maquiagens. Johnny Depp, seu parceiro de cena, está bem displicente, como estaria um professor de matemática que perdeu a esposa e viaja para esquecer. E tem um cigarro eletrônico que é fantástico, os fumantes deveriam migrar para ele e abandonar o fumacê que tanto incomoda.

Vamos ao filme. Angelina é Elise, namorada de Alexander Pierce, procurado pela polícia inglesa. Vive na França e é vigiada constantemente. Um bilhete do namorado a faz pegar o primeio trem para Veneza e escolher um bode espiatório parecido com o namorado para enganar a polícia. Ela escolhe Frank Tupelo, o americano, interpretado por Depp. Frank passa a ser, então, perseguido pela polícia inglesa, pela Interpol e também pelo antigo empregador de Pierce, um financista do mal, daqueles que mata seus comparsas só porque cometeram um erro.

Veneza casa bem com Jolie e é um bom pano de fundo para a evolução do roteiro. Pena que a história é capenga e previsível. Ainda no primeiro terço do filme, já se sabe o final e, sim, isso faz tudo perder a graça. É bobo e chega a ser patético. Vale mais pelo figurino da Angelina e por Veneza do que por qualquer outra coisa. Ah, tem duas cenas em que Jolie e Depp bebem uma coisa tão vermelha que lembra o Campari que aquela tia avó ama e usa pra dar vexame nos almoços de família.