sábado, 12 de março de 2011

Dona Benta

Daí que eu ando tentando cozinhar. Não fazer arroz e feijão, mas ter noção pra fazer alguns pratos. E sábado, como já contei, tem sido um dia de experimentar. A Ju me indicou o livro Dona Benta, que comprei na Americanas. Chegou no carnaval, na casa da sogra, e eu fiz tanta coisa bacana no carnaval que não tive a menor vontade de me aprofundar no livro.

Mas hoje veio a dúvida do almoço e resolvemos abrir o Dona Benta. Leo escolheu a receita: macarrão gratinado. Vamos a ela.

O primeiro passo é cozinhar 500g de macarrão, do jeito que se costuma. Como é o Leo quem faz essa parte, não sei dizer exatamente como é. Só que usamos sempre uma massa que é al dente e cozinhamos por cerca de 7 minutos.

Enquanto a água ferve e o macarrão cozinha...

Molho:
Derreter duas colheres de sopa de manteiga ou margarina (como a rebarda dos nossos hóspedes de carnaval estava terrível, usamos manteiga). Quando estiver derretido, misturar com três colheres (sopa) de farinha de trigo e cozinhar até dourar.

Pausa pra dúvida culinária. A mistura manteiga derretida + farinha de trigo já nasce dourada. Então, deixei cozinhando por dois segundos, com medo de queimar. Aí, é preciso acrescentar três xícaras de leite fervido. O leite ferveu e derramou no fogão, o que mostra que eu não estava prestando muita atenção nas coisas. O leite é para ser acrescentado aos poucos. No início, parece que vai dar errado, porque a mistura inicial parece um angu. Aos poucos, o leite vai incorporando e aquilo ali vai virando um molho. Ao final, achei meio grosso e acrescentei mais uma xícara de leite fervido e, desta vez, não derramado. Aí é só acertar o ponto do sal, algo que para mim ainda é incompreensível. Felizmente, Leo colaborou e resolveu essa parte.

Depois dessa parte pronta, é preciso acrescentar três gemas e uma caixinha de creme de leite e mexer até incorporar. Leo provou de novo e viu que o sal inicial estava bom. Eu acreditei nele. Picamos presunto em tiras finas e misturamos no molho.

A essa altura, o macarrão já estava cozido. Misturamos o molho com o penne e colocamos em uma assadeira. Por cima, parmesão ralado grosso e uma coisa que a receita mandou mas que eu não achei lá uma maravilha: um pouco de farinha de rosca. Levamos ao forno pra gratinar. E isso varia de forno pra forno. No meu foram 20 minutos.

Saindo do forno
A foto está tremida e só tem essa porque a fome foi maior dessa vez.