sábado, 29 de janeiro de 2011

Desafio Literário - Janeiro: O Beijo e outras histórias


Este é o primeiro livro do meu desafio literário. O beijo e outras histórias é de Antón Tchekhóv, escritor russo que trabalhou muito com contos e teatro. O livro é uma coletânea de contos mais longos do autor, que é conhecido pela conscisão e considerado também um mestre na construção de tipos humanos. Acredito que não só humanos. No conto Kaschtanka, a cachorrinha, personagem principal, após sofrer de frio de fome e de abandono, pensa que, "se fosse gente, certamente pensaria: 'Não se pode viver assim! Tenho que me dar um tiro' (...) Mas ela não pensava nada e só chorava".

São seis contos, cada um deles com uma profundidade impressionante. Os que mais me impressionaram foram Uma crise; Uma história enfadonha e Enfermaria nº6.

Uma crise é a história de estudantes que percorrem casas de tolerância durante uma noite. Um deles vai aos bordéis pela primeira vez e se choca com a falta de humanidade desses locais, das mulheres que se submetem a esse trabalho e dos homens que as frequentam.

Uma história enfadonha é a narrativa de um velho médico que passa seus dias entre as aulas na faculdade de medicina e a rotina com sua família. Após tantos anos de vida, ele se sente como um estrangeiro em todo aquele mar de pessoas com seus problemas pequenos: a mulher que se queixa de sua indiferença, os filhos que levam seu dinheiro, o pretendente da filha, os colegas de trabalho e sua pupila, que é a única pessoa que o consola.

Em Enfermaria nº6, um médico revê sua vida e seus valores ao tomar contato com um dos internos da ala psiquiátrica do hospital. É o maior conto do livro e o mais impactante. Vale, ao final da leitura, pensar mais uma vez sobre os valores do mundo, os que aceitamos e reproduzimos e os que parecem já cristalizados. Como quebrar um ciclo de preconceito?

Completam o livro os contos O beijo; Kaschtanka e Viérotchka.

O livro foi uma bela escolha para iniciar o Desafio Literário.