sábado, 20 de novembro de 2010

Para o Bruno

A minha analista volta e meia me fala de comunicação inconsciente. Eu ainda não tenho muita noção do que é isso, mas acredito que seja o que me une ao Bruno. Eu o conheci há cinco anos e foi empatia imediata. Mesmo que não nos encontremos com frequência. Conversamos muito virtualmente e minha admiração por ele - como profissional e como pessoa - só cresce.

Nos dias em que passei em Goiás, acabei levando trabalho. E, se não fosse o Bruno, seu desprendimento, sua gentileza, sua disposição, seu empenho, eu não teria terminado tudo. Ele esteve do meu lado o tempo todo. Desde o acesso à net até facilitar um problemão que tive com o programa que utilizo pra trabalhar. Algo que, creio, nunca mais vou encontrar de novo, a não ser que ele esteja por perto. E não há no meu horizonte o que eu possa fazer para agradecer direito tudo o que ele fez por mim nesse período em que nos conhecemos e também nos últimos dias.

Hoje o Bruno faz aniversário. Não tenho palavras suficientes pra traduzir o desejo que sinto pela felicidade dele. Nem pra explicitar o quanto a presença dele é importante na minha vida. Nem pra agradecer ao Leo por ter me concedido o prazer de conviver com a família dele e conhecer tanta gente legal, dentre eles o Bruno. Ele, e tantos outros da família, foram presentes que eu ganhei.

Com o Bruno, durante os dias de festa em Piracanjuba/Go

Como eu não tenho palavras pra dizer tudo o que eu queria, vou usar uma música. É do Frejat e diz tudo.

Amor Pra Recomeçar

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo...

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante...

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar...

Eu desejo
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar...