quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Citações 6

Quem me conhece sabe que eu amo Agatha Christie. Lendo O assassinato na casa do pastor achei um trecho muito interessante sobre o jornalismo. O texto é de 1930, o primeiro caso de Miss Marple:


"Nesse momento, Anne Protheroe entrou.
Estava vestida sobriamente de preto. Na mão tinha um jornal de domingo, que me estendeu com um olhar queixoso.

- Nunca tive nenhuma experiência com esse tipo de coisa. É horroroso, não é? Falei com um repórter no inquérito. Só disse que estava muito perturbada e não tinha nada a dizer, e ele então perguntou se eu não estava muito ansiosa para encontrar o assassino do meu marido e eu disse 'Sim'. Depois perguntou se eu suspeitava de alguém e eu disse 'Não'. E se eu não achava que o crime demonstrava conhecimento do local e eu respondi que certamente parecia que sim. Foi só isso. E agora veja isso! 
No centro da página havia uma fotografia, evidentemente tirada pelo menos há uns 10 anos, Deus sabe onde a haviam encontrado. E em letras garrafais: 
VIÚVA DECLARA QUE NÃO DESCANSARÁ ENQUANTO NÃO ENCONTRAR O ASSASSINO DO MARIDO".