sábado, 15 de maio de 2010

Citações 4

De Riobaldo, do livro Grande Sertão Veredas, do mestre Guimarães Rosa:

"Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa."

"Viver é negócio muito perigoso."

"Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas estão sempre iguais,ainda não foram terminadas – mas elas estão sempre mudando."

"Moço, toda verdade é uma espécie de velhice."

"Meu coração restava cheio de coisas movimentadas."