sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Descanso

Lendo em um blog sobre andar pela rua sem prestar atenção nas coisas, me lembrei de uma conversa recente como amigos. O tema era as muitas formas de se descansar. Um só descansa tomando cerveja na mesa do bar, outro dormindo 12h por dia, outro quando faz esporte até o extremo. Eu descanso andando.

É bastante curioso. Um dia qualquer, mente pesada, corpo cansado... tudo resolvido depois de um pouco de caminhada. Pode ser 15 minutos. Podem ser algumas horas. É meu tempo de colocar as coisas no lugar certo, rever momentos, pensar, organizar, ter idéias, desistir de planos mirabolantes e aceitar as soluções mais simples para as horas mais malucas.

Um passo depois do outro. Como deveria sem com tudo. Como só é nas minhas horas "tô quase ultrapassando o limite".